Segurança nas Redes Sociais: Sabe como proteger o seu negócio?


Conheça as principais ameaças à privacidade do seu negócio nas redes sociais e descubra um guia prático para o proteger. Aprenda também a agir rapidamente para solucionar problemas, caso já tenha sido afetado.

Cada vez mais, as redes sociais desempenham um papel crucial na estratégia de marketing digital e comunicação das empresas. A percentagem de pessoas que utilizam estes canais para conhecer novos negócios ou formar opiniões acerca deles é muito significativa para não ser valorizada nas nossas estratégias.

No entanto, a crescente dependência destas plataformas também aumenta a exposição a riscos de privacidade, que podem repercutir em graves consequências para as empresas. Interrupção da atividade, custos relacionados à recuperação das plataformas, danos à reputação são alguns dos riscos e, se pensa que só as grandes empresas sofrem com este tipo de problemas, não se engane! A cibersegurança deve ser uma preocupação de todas as empresas.

Nesse sentido, vamos destacar algumas das principais ameaças à privacidade nas redes sociais e fornecer conselhos práticos para a prevenção desses ataques cibernéticos. De seguida, visto ser uma dificuldade de muitos empreendedores, vamos dar o passo a passo de como comunicar com a Meta (empresa detentora das redes sociais Facebook, Instagram e Whatsapp), em caso de hackeamento da conta.

As principais Ameaças de Segurança nas Redes Sociais

Neste artigo, vamos focar-nos em dois tipos de ataques cibernéticos que os negócios enfrentam, o hacking de contas e as violações de dados.

Hacking de contas

O hacking de contas é um dos ataques cibernéticos mais comuns. Os invasores estão constantemente à espreita, à procura de vulnerabilidades e de ganhar acesso não autorizado a contas de negócios. Uma vez dentro, podem enviar mensagens fraudulentas aos seus seguidores, propagar informações falsas, prejudicar a reputação ou recolher informações confidenciais.

Violação de dados

As violações de dados, ou técnicas de Phishing, são uma ameaça à confidencialidade das informações da empresa e dos clientes. Informações sensíveis como dados de clientes, informações financeiras e estratégias comerciais são acedidas ou roubadas, o que pode resultar em implicações legais, além de afetar a reputação da marca.

Os ataques cibernéticos acontecem de várias maneiras, e é importante entender os métodos mais comuns para proteger a sua conta da melhor forma. Desde emails ou mensagens que parecem legítimos a solicitar informações confidenciais ou com links que instalam malware no seu dispositivo, programas de computador automatizados para experimentar milhares de palavras-passe na tentativa de acertar na sua ou até o roubo da conta de email associada à conta das redes sociais. 

Agora que já conhece os métodos usuais, já está preparado para trabalhar na sua prevenção.

Práticas para Prevenção de Ameaças de Segurança

Para defender a sua empresa contra estes ataques cibernéticos, é extremamente importante a implementação de medidas robustas de segurança. Existem várias práticas fundamentais que pode adotar para reduzir os riscos significativamente. 

Palavras-passe complexas

O uso de uma palavra-passe forte é o primeiro passo para proteger a sua conta nas redes sociais. Tal como já explicamos no nosso artigo 5 Regras para Proteger as suas Passwords Profissionais, as passwords devem conter mais de 8 caracteres, misturar maiúsculas, minúsculas, números e símbolos. Palavras-passe óbvias ou sequências fáceis de adivinhar são convites de entrada a hackers, por isso vamos evitar algo como “12345”, “qwerty” ou “password”.

Não use a mesma palavra-passe em vários sites ou plataformas e altere regularmente. O uso de um gestor de passwords pode ajudar neste processo, por criar e armazenar as suas palavras-passe de forma segura.

Autenticação de dois fatores

Esta medida é recorrentemente aconselhada pelas plataformas de redes sociais aos seus utilizadores, pelo que já se tornou praticamente obrigatória. Esta abordagem requer uma segunda maneira de autenticação, além da password, o que torna o acesso à conta mais seguro.

No caso da Meta, pode envolver o envio de um código por mensagem de texto ou através de uma aplicação de autenticação, como o Google Authenticator. Existe também a opção de aceder com códigos de recuperação, de utilização única, em caso de perda de acesso aos métodos de autenticação principais.

Controlo regular

O acompanhamento constante das atividades das contas é essencial. Deve estar sempre atento a atividades suspeitas ou logins não autorizados. Ao adotar esta prática, pode identificar incidentes de privacidade mais cedo e tomar logo medidas para combater as ameaças. 

Sensibilização da equipa

Outro ponto importante, que não se deve esquecer, é a sensibilização de toda a equipa. Isso inclui, não apenas aqueles que gerem e têm acesso às redes sociais, mas todos os funcionários. Como já vimos, basta acederem a um email associado à conta das redes sociais para surgirem problemas. Garanta que todos estão cientes dos riscos e conhecem as melhores práticas de privacidade. A segurança nas redes sociais é uma responsabilidade coletiva.

Selo azul - Meta Verified

Uma medida adicional que as empresas podem considerar é a obtenção do selo azul. Esta nova modalidade paga da Meta promete uma proteção proativa da conta e acesso a um suporte direto para a resolução de problemas da conta, realizado por pessoas reais, em vez do habitual suporte automatizado da plataforma.

Como recuperar uma Conta Hackeada

Em caso de violação de privacidade, tente agir o mais rápido possível. A maioria das redes sociais possui procedimentos específicos para lidar com estas situações. Vamos partilhar consigo o que fazer, caso a sua conta de Facebook ou Instagram tenha sido hackeada.

  1. Facebook

Entre no link facebook.com/hacked e carregue em “A minha conta está comprometida”. De seguida, vão solicitar que coloque o email ou número de telemóvel associado à conta. Por fim, poderá colocar a palavra-passe que conhece. Mesmo que o invasor tenha trocado a palavra-passe, a Meta reconhece palavras-passe mais antigas e permitirá recuperar o acesso

Caso o email associado à conta tenha sido alterado, pode reverter esta ação. Sempre que o email é modificado, a Meta envia uma mensagem para a conta de email anterior com um link para reverter a mudança.

Se o invasor utilizou a conta e levou à sua desativação, por não seguir os Padrões da Comunidade do Facebook, terá de recorrer à decisão preenchendo este formulário. A resposta costuma demorar algum tempo.

  1. Instagram

No momento de iniciar a sessão, carregue em “Obtém ajuda para iniciar sessão”. Coloque o seu nome de utilizador, número de telemóvel ou email associado. Agora terá a opção de recuperar a conta através do seu email, mensagem de texto ou Facebook. 

Se não funcionar, carregue em “Não é possível repor a tua palavra-passe?”. Se reconhecer algum dos contactos ou emails que aparecem, procure recuperar a sua conta através deles. Caso contrário, carregue em “Tentar de outra forma”. Surgirá um formulário de apoio, no qual deverá selecionar que “A sua conta foi pirateada”. Neste momento, o Instagram vai perguntar se tem fotos suas na conta. Se for o caso, poderá gravar um vídeo seu para confirmar que a conta é sua. Caso não tenha, existe a hipótese de pedir ajuda a amigos.

Novamente, vale notar que se o email associado à conta foi alterado, pode reverter esta ação, já que a Meta envia uma mensagem para a conta de email anterior com um link para reverter a mudança.

Se a conta foi desativada, irá receber uma notificação ao tentar iniciar sessão. Nessa mensagem conseguirá aceder a um formulário de recuperação.

Por favor, tenha em atenção que estes métodos aplicavam-se no momento de escrita deste artigo. O meio das redes sociais está em constante evolução, assim como os métodos de recuperação de conta. 


Concluímos assim que a segurança nas redes sociais deve ser uma prioridade para pequenas e grandes empresas. Mantenha-se atualizado acerca das melhores práticas de segurança e esteja preparado para agir rápido, caso algum incidente ocorra.

Use palavras-passe complexas, ative a autenticação de dois fatores, controle regularmente as atividades das contas, sensibilize a sua equipa para este assunto e considere se o selo azul da Meta é uma hipótese para o seu negócio. Proteja a sua marca e mantenha a confiança dos seus clientes!


Mafalda Vasconcelos

Formada em Turismo, mas o digital e as redes sociais tornaram-se uma grande parte da sua vida. Tem sempre um sorriso para dar e sabe todas as letras das músicas que passam na rádio.

blog comments powered by Disqus




Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!