Em que rede social deve estar o meu negócio?


Faz sentido estar presente nas redes sociais? Instalo o meu negócio numa rede apenas, ou em várias? Se estas também são as suas dúvidas, veio parar ao lugar certo. Vamos ajudá-lo a escolher a rede social mais adequada para apostar no seu negócio.

As redes sociais são ferramentas de comunicação digital muito interessantes, como existem outras, como por exemplo o email, sms, aplicações, blogues etc... No entanto, devem ser usadas com estratégia e algum cuidado já que são plataformas, que apesar de serem acessíveis a todos, não nos pertencem, por isso não controlamos.

Se as proprietárias das redes sociais decidirem alterar regras, fechar contas, bloquear utilizadores, na verdade podem fazê-lo. Se não houver um plano B, o seu projeto pode ficar bastante afetado.

Apesar desta realidade, qualquer negócio deve marcar presença nas redes sociais. Vamos saber porquê.

Qual é a importância das redes sociais?

Uma das ferramentas digitais indispensáveis para qualquer negócio são as redes sociais, já que são uma ótima forma de relacionamento com os atuais ou potenciais clientes. Quando esse relacionamento atinge um determinado ponto, a rede social também serve de local para venda dos seus produtos ou serviços.

Para além disso, permite o direcionamento do conteúdo até onde quiser, mas, preferencialmente, até à casa-mãe (site, landing page, loja online).

Dependendo da jornada do utilizador, e do momento do funil de vendas em que ele possa estar, lembre-se que 45% dos utilizadores em Portugal investem na compra de conteúdo digital. E esse conteúdo pode ser disponibilizado através das redes sociais. 

Segundo o relatório global sobre o digital pelo mundo, o Facebook, o Youtube, o WhatsApp e o Instagram estão no topo das preferências. Mas, se olharmos para o Relatório digital 2022 sobre como é usada a Internet e as redes sociais em Portugal, constatamos que o Instagram ocupa a primeira posição, seguido pelo Facebook e, por fim, pelo WhatsApp.

Sabemos ainda que quase 50% dos utilizadores de internet procuram informação sobre marcas ou produtos nas redes sociais. Estes são apenas alguns fatores que comprovam a importância de estar presente nestes novos meios digitais.

Para quem devo comunicar nas redes sociais?

Antes de avançar com estratégias e ações para transmitir a sua mensagem nas redes sociais, comece por conhecer bem quem é mesmo o seu público ou quem deseja atrair para a sua marca. Para isso, estude as estatísticas das suas redes, faça questionários, vasculhe na base de dados da empresa e procure conhecer o seu cliente ideal.

Depois, crie ações para chegar até esse público ou persona e começar a relacionar-se com ele. 

O que é a persona?

A persona é a representação do seu cliente ideal. Ou seja, quais são as suas características comportamentais, demográficas, atitude, estilo de vida, objetivos, motivações, preocupações, etc. Para um mesmo negócio, podem definir-se vários perfis de cliente ou personas.

Como posso definir a minha persona?

O seu público-alvo podem ser, de forma abrangente, mulheres entre os 35 e os 50 anos, com filhos menores, por exemplo. Mas, para definir a sua persona irá procurar o lado mais humano do seu público-alvo, detalhando se essas mulheres vão ao cinema, se cozinham em casa, se ambicionam viajar mais, se são ativas profissionalmente e quais as áreas, etc.

Para definir a sua persona, levante as seguintes questões:

- Quem eu quero que seja o meu cliente? O que o motiva ou influencia a comprar?

- Que interesses ele poderá ter pela minha empresa ou produto?

- Qual a escolaridade?

- Qual a profissão e o cargo na empresa?

- Que atividades realiza pessoal e profissionalmente?

- Tem passatempos? Quais.

- Que desafios enfrenta? Tem obstáculos?

- Que informação procura e onde?

- Quais as redes sociais que mais gosta e porquê?

- De que forma a minha empresa ou produto pode ajudá-la.

Para recolher a informação, use meios como questionários online ou por email. Faça também perguntas relacionadas com o seu negócio. Por exemplo, se vende uma escova de dentes sustentável, questione hábitos de higiene e produtos que consome e se gostaria de optar por outros, quais as suas crenças ambientalistas, etc. Seja breve.

No final, há quem opte por dar um nome e uma cara à persona, apenas por uma questão prática de trabalho.

Depois de traçar o perfil da sua persona, e perceber em que redes sociais o seu cliente ideal poderá estar, então, esteja também.

Em que redes sociais deve estar o meu negócio?

Seja para atrair ou para vender, seja para continuar a relacionar-se depois de já ser seu cliente (33% dos internautas portugueses seguem marcas a quem já compraram algo), invista nestas plataformas.

Uma vez que as redes sociais têm um enorme dinamismo, para cumprir com os seus objetivos necessita de tempo e dedicação. Em cada rede, deverá trabalhar conteúdo orgânico, mas também conteúdo pago (anúncios) para obter melhores resultados.

Como são espaços de utilização intuitiva e rápida, são muito usadas para esclarecer dúvidas, averiguar a credibilidade de um negócio, comparar marcas e verificar as críticas e avaliações a produtos ou serviços. 

Portanto, é preciso saber ver, ouvir e responder.

As Redes Sociais mais utilizadas em Portugal: principais características

Vejamos as características das 8 redes sociais com maior número de utilizadores em Portugal, para optar por aquela em que o seu negócio melhor se encaixa.

Nota: Começamos pelo Youtube, no entanto, esta é considerada uma plataforma de conteúdos digital e não, propriamente, uma rede social.

Youtube

Utilizadores em Portugal: 7.27 milhões.

Audiência: 49,3% mulheres, 59,75 homens.

Características: Este é o motor de busca mais utilizado para encontrar vídeos com música, informação, esclarecimentos, como fazer algo, etc. Do total de utilizadores da internet, no Youtube pode impactar 51.8% deles. Em Portugal, o alcance pago é de 73.7% da audiência face ao total da população.

Sugestões: Defina um plano de conteúdo para esta rede: demonstração de produtos, depoimentos, entrevistas, etc. Planeie bem cada conteúdo que vai publicar. Depois de ter algum conteúdo já publicado, faça parcerias com influenciadores, se fizer sentido para o seu negócio. Utilize o vídeo marketing para vender mais e fidelizar.

Facebook

Utilizadores em Portugal: 6 milhões.

Audiência: 51,7%% mulheres, 48,3% homens. 

Características: A taxa de interação (0,06%) e o alcance orgânico são muito baixos. Mesmo para quem já segue a sua página, o conteúdo nem sempre aparece no mural do seu seguidor. Daí que a aposta em anúncios é importante. Em Portugal, esta é a rede que mais tráfego atrai

Sugestões: Para além de criar a sua página de empresa, explore os Grupos de Facebook  (ótimos para relacionar-se e manter próxima a sua audiência). Aposte também em anúncios no Facebook Messenger, uma vez que mais de 50% dos utilizadores (quase 5 milhões), maioritariamente mulheres, foram impactados por publicidade em 2021 nesta plataforma. Esteja presente no Marketplace do Facebook.

Instagram

Utilizadores em Portugal: Mais de metade da população portuguesa é utilizador do Instagram (5.5milhões).

Audiência: 51,9% Mulheres, 48,1% Homens.

Características: Rede favorita em Portugal, mas em linha com o Facebook. Esta plataforma tem vindo a dar cada vez maior importância ao vídeo. 

Anúncios com maior alcance:

  • Home Feed 96.6%/mês

  • Stories 72.6%/mês

  • Explorar- 45.7%/mês

Sugestões: Aposte em conteúdo vídeo e anúncios. Relacione-se através da publicação de estórias. Venda dentro da própria plataforma, abrindo uma loja no Instagram.

Nota: O Facebook, o Instagram e o Facebook Messenger pertencem à Meta. A gestão de conteúdos, mensagens, anúncios e estatísticas, entre outras funcionalidades, pode ser feita centralmente a partir do Gestor de Negócios e Gestor de Anúncios da Meta para todas estas plataformas. Aliás, em muitos casos a Meta “obriga” à integração de contas para funcionamento em pleno.

LinkedIn

Utilizadores em Portugal: 4 milhões.

Audiência: 50% homens e mulheres

Características: Esta é uma rede profissional através da qual os utilizadores individuais, por um lado, procuram novos desafios de emprego. Contudo, por outro lado, as empresas procuram profissionais em áreas específicas e qualificadas para as suas equipas.

Mas, não só. Sendo uma rede bastante ativa para networking, é utilizada também para descobrir parcerias, trocar informações ou experiências, encontrar formação e inspiração ligada ao mercado de trabalho e dos negócios. Para estar presente em pleno nesta rede, é importante envolver também a sua equipa. Para chegar mais longe e dinamizar mais a sua página, é imprescindível apostar em anúncios.

Sugestões: Aproveite para mostrar a sua área de especialidade, cultivando o reconhecimento e autoridade da marca. Motive cada colaborador a ter um perfil na rede e a envolver-se com a empresa de forma ativa, partilhando conteúdo, falando das suas conquistas, etc.

TikTok

Utilizadores em Portugal: 2.83 milhões.

Audiência: 59,3% Mulheres, 40,7% Homens.

Características: A sua característica principal baseia-se na partilha de vídeos curtos. Foi bastante popular no início da pandemia e dos confinamentos em Portugal pelas danças virais que eram partilhadas. Globalmente, esta rede cresceu 48%, sendo a que mais rapidamente cresceu em 2021, conforme mostra o relatório global sobre o digital

Sugestões: Se a sua persona é jovem, esta é a rede ideal. Seja divertido, descontraído e muito, muito criativo. Acompanhe as tendências e crie vídeos relacionados, usando músicas populares. Evite vídeos demasiado comerciais.

Pinterest

Utilizadores em Portugal: 2 milhões.

Audiência: 78.4% mulheres, 17% homens.

Características: Esta é a rede social mais visual de todas, baseada em fotografias, vídeos, gráficos, sendo ótima para o crescimento de uma marca.

Os utilizadores pesquisam, exploram, guardam e adicionam pins, agrupados em galerias temáticas. É possível publicar conteúdo proveniente de outras fontes, como um website (incluindo a hiperligação), sendo uma ótima rede para atrair tráfego.

Sugestões: Mostre como fazer algo. Mostre formas alternativas para usar o seu produto. Crie conteúdo que a sua persona queira guardar.

Twitter

Utilizadores em Portugal: 1.40 milhões.

Características: Mensagens curtas até 280 palavras, 1.40min./vídeo. O público mais jovem frequenta e utiliza esta rede social de microblogging.

Existem imensas marcas que usam o Twitter como o seu canal de suporte ao cliente. Veja o exemplo da Apple: @AppleSupport.

Mas, para isso, garanta que tem uma equipa à altura. Se a pergunta ou dúvida surge com rapidez, também se espera que a resposta da empresa seja bastante rápida.

Sugestões: Use esta rede como canal social de suporte ao cliente. Ou aposte em campanhas específicas para o Twitter, promovendo a interação da comunidade. Tal como nas restantes redes, invista em anúncios.


Por fim, para estar presente em qualquer rede social, relacione-se primeiro, venda depois.


Sandra M. Gomes

A Sandra é entusiasta de comunicação, com formação em diversas áreas. Depois do jornalismo dedicou-se à produção de conteúdo digital e no papel. É dedicada ao trabalho, preocupada com o ambiente e apaixonada por gatos.

blog comments powered by Disqus



Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!