Google Data Studio: como usar para fazer prosperar o seu negócio


Em qualquer negócio é necessário medir e analisar os resultados. O Google Data Studio é uma ferramenta gratuita, que transforma dados em bruto em relatórios e painéis informativos de fácil leitura, totalmente personalizáveis e simples de partilhar.

Transformar um grande volume de dados em informações claras e fáceis de serem entendidas por clientes, parceiros e funcionários, é o desafio de qualquer negócio. Uma das maneiras de contornar esta dificuldade é recorrendo a uma ferramenta que ofereça suporte na interpretação dos dados recolhidos, organizando-os de modo visualmente apelativo.

O que é o Google Data Studio?

O Google Data Studio é uma ferramenta gratuita, que permite criar e editar dashboards atraentes, personalizáveis e interativos, sem grandes dificuldades.

Pode utilizar elementos visuais, como tabelas dinâmicas, gráficos (de linhas, barras e pizza), e mapas geográficos, ou criar relatórios interativos mais simples, com imagens clicáveis e links. Além disso, possibilita, ainda, a partilha em tempo real e a aplicação de cores, temas e estilos, tornando o seu relatório único.

Nesta nova era do big data, o Google Data Studio tem um papel importante na otimização do tempo e dos resultados, pela facilidade de reunir os dados relevantes para a tomada de decisões estratégicas, provenientes de uma grande variedade de plataformas, como é o caso do Google Analytics , Google Ads, Youtube Ads, Google Search Console, entre outras. 

Google Data Studio: vantagens para a sua empresa

O Google Data Studio é uma poderosa ferramenta de business intelligence, que reúne métricas e indicadores em bruto e transforma em táticas para as empresas. Com este nível de detalhe, torna-se mais fácil tomar decisões assertivas e consistentes, bem como otimizar as estratégias utilizadas.

Através do Google Data Studio é possível:

  • Extrair dados em bruto, interpretá-los e transformá-los em informações mais completas, significativas e fáceis de interpretar.

  • Criar painéis partindo dos templates existentes, o que reduz o tempo gasto no desenvolvimento de raiz de estruturas de relatórios. Ou seja, dá-se uma otimização de tempo e de produtividade. 

  • Acompanhar os principais indicadores de desempenho da empresa (KPIs), de modo a traçar metas plausíveis e realizáveis, investindo naquilo que merece mais tempo e melhorias.

  • Contar uma história, que sirva de base à validação de decisões. Pode utilizar os insights fornecidos para argumentar a favor de uma resolução que deseja ver alcançada.

  • Desenvolver dashboards com o cruzamento de dados de diferentes fontes, de forma a permitir análises aprofundadas. Pode comparar informações provenientes do seu site, de plataformas de anúncios, de engagement nas redes sociais, entre muitos outros. 

  • Partilhar os painéis com clientes, parceiros e colegas de equipa, que podem, facilmente, mudar o modo de visualização, filtrar por datas e fazer download. Não só evita ter que enviar o documento por email, como pode ir atualizando o ficheiro em tempo real. 

  • Ter uma visão ampla da estratégia, facilitando a compreensão dos processos e o motivo de certas decisões. 

  • Programar o envio de emails com link de acesso aos relatórios.

Como funciona o Google Data Studio?

Para aceder ao Google Data Studio, precisa de ter uma conta Gmail. Caso não tenha uma, poderá criar no momento. Em seguida, faça login na plataforma do Google Data Studio.

  1. No ecrã poderá ver um menu lateral, à esquerda, e um menu superior. Os separadores superiores são “Relatórios”, “Origens dos dados” e “Explorador”. O menu lateral inclui os relatórios recentemente abertos, os que foram partilhados consigo, os criados por si e os templates nativos. 

  2. No botão “Criar”, no canto superior esquerdo, pode começar um relatório, definir as origens dos dados com que vai trabalhar ou explorar os dados no “Explorador”.

Criar relatórios

Se ainda não tiver definido a origem dos dados, pode adicionar logo após clicar em criar relatório. Depois de escolher a fonte dos dados, poderá acrescentar gráficos, formas e textos, mudar o tema e o layout e combinar as várias dimensões das fontes de dados. Em suma, personalizar de acordo com o seu gosto e necessidades.

No topo, pode alterar o nome do relatório, partilhar o documento (existem diversas formas de o fazer), convidar pessoas para visualizar ou colaborar, e testar a versão final.

Definir as origens dos dados

Selecione as plataformas que pretende integrar com o Google Data Studio e clique em “Autorizar”. A partir daqui, já pode criar um relatório ou explorar os dados no “Explorador”.

Usar o “Explorador”

Apesar de ainda estar em versão beta, o “Explorador” serve para analisar dados, sem alterar as informações originais. Isto é, como as alterações feitas, num relatório, são guardadas automaticamente, ao utilizar esta funcionalidade consegue cruzar métricas, combinar fontes de dados e dimensões, sem que isso altere o dashboard original. 

Se, porventura, as modificações forem relevantes, só tem que clicar em “Guardar”, para que sejam aplicadas ao painel original.


Agora que já sabe como começar a usar o Google Data Studio e, assim, ganhar tempo na elaboração de relatórios, é a altura certa para otimizar o seu tempo na gestão da faturação. 

À semelhança da facilidade de integração do Data Studio com diferentes fontes, integrar a sua loja com o programa de faturação certificado InvoiceXpress é igualmente prático, requerendo, apenas, a utilização de plugins ou API.


Magda Santos

Entusiasta do Marketing Digital e apaixonada pela escrita, por livros e viagens. A Magda espera um dia dar a volta ao mundo com a sua filha.

blog comments powered by Disqus




Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!