13 funcionalidades essenciais para uma loja online de sucesso


Apostar nas funcionalidades da sua loja online é essencial para a fazer crescer e vender mais. Por isso, descubra as 13 funcionalidades que não podem faltar no seu e-commerce.

Qualquer negócio consolidado necessita colocar a tecnologia ao seu serviço, de forma a ganhar maior notoriedade, angariar mais leads e, consequentemente, aumentar as vendas e fidelizar clientes.

Descubra quais são as 13 funcionalidades essenciais a qualquer loja virtual de sucesso.

13 funcionalidades que todas as lojas online devem ter para vender mais

1. Faturação automática e integrada

A nova geração de consumidores e os novos hábitos de consumo exigem processos de compra mais ágeis. Quer isso dizer que cada venda precisa de ser processada de forma imediata e isso inclui o processo de faturação.

É por isso que deve ter tudo automatizado. O InvoiceXpress é certificado pela Autoridade Tributária e disponibiliza soluções de integração com lojas online. Através dos plugins ou API, consegue gerir a sua faturação sem dificuldade. Assim que um pagamento é efetuado, o InvoiceXpress emite automaticamente uma fatura e envia-a por email ao cliente.

Além disso, a integração da sua loja online com o software de faturação do InvoiceXpress possibilita criar processos automatizados para tarefas de faturação que sejam repetitivas, simplificando o seu dia e concedendo-lhe mais tempo para a gestão do seu negócio.

2. SEO

Para chegar aos primeiros resultados de pesquisa em motores de busca, é fundamental que trabalhe o SEO das suas páginas de e-commerce. E, para isso, necessita ter ao seu dispor recursos que facilitem as estratégias.

Utilize plugins que ajudem na implementação de boas práticas de SEO, com vista à otimização das páginas do seu site, ao nível da usabilidade, relevância, arquitetura e hierarquia do conteúdo.

As ações de otimização para motores de pesquisa ajudam, ainda, as pequenas empresas a estabelecerem os seus domínios como relevantes, aumentando a sua visibilidade, tráfego orgânico e posicionamento para palavras-chaves específicas e relacionadas com a sua área de negócio.

3. Email marketing

Uma loja online de sucesso usa o email marketing como ferramenta de comunicação para criar proximidade com o público, atrair leads qualificados, convertê-los em novos clientes e fechar mais vendas.

O email é um canal de contacto direto entre a empresa e o cliente, onde são fornecidas informações relevantes e de valor a pessoas que estão recetivas ao seu conteúdo, o que contribui para aumentar a notoriedade da marca.

Um dos pontos mais importantes do email marketing, para um e-commerce, é a possibilidade de personalizar a comunicação e tratar cada cliente de forma individualizada, mesmo que os envios sejam feitos em massa.

4. Remarketing

O remarketing é uma poderosa ferramenta de marketing digital que serve para recuperar utilizadores que tenham abandonado a sua loja online sem concluir a compra.

O remarketing pode ser feito de diferentes formas. Desde um email a relembrar os produtos que foram deixados no carrinho de compras, a mensagens (SMS) com oferta dos portes de envio ou desconto na compra imediata, passando por imagens ou textos, em blogs ou sites, que evoquem os produtos que o utilizador andou a ver e/ou adicionou ao carrinho de compras.

Esta funcionalidade pode ser ativada, no seu site, ao adicionar o pixel de remarketing fornecido pelas redes de anúncios, que irá recolher dados sobre as ações tomadas e criar anúncios personalizados para recuperar o cliente. 

5. Formas de reduzir a taxa de abandono do carrinho de compras

A melhor forma de reduzir a taxa de abandono do carrinho é analisar o que leva o cliente a abandoná-lo. Todavia, existem algumas estratégias que podem ser utilizadas para diminuir as desistências de última hora, como:

  • Portes grátis - os portes podem ser um entrave à finalização da compra, por serem um custo extra, que não existe nas lojas físicas. Há várias formas de apresentar os custos:

    • Oferta dos portes na totalidade (na verdade, o custo está diluído no preço final do produto);

    • Oferta dos portes de acordo com algumas condições (para compras superiores a um determinado valor, oferta dos portes na primeira compra ou portes gratuitos ao convidar um amigo ou familiar);

    • Valor fixo dos portes.

Geralmente, quando os portes são oferecidos, a tendência é que a taxa de conversão aumente, porque o consumidor perceciona isso como uma oferta. No entanto, a gratuidade de portes acima de determinado valor é uma técnica ótima para aumentar o ticket médio de vendas

  • Descontos em compras futuras - esta estratégia é eficiente, pelo simples facto de impedir o consumidor de abandonar o carrinho, levando-o a efetivar a compra, com a promessa de um desconto numa compra futura. E, ainda, fazendo-o voltar a comprar na sua loja, para que possa usufruir do desconto. 

  • Política de reembolso - as pessoas procuram lojas que tenham políticas de troca e devolução flexíveis. Por isso, procure estruturar e divulgar de forma clara e objetiva a sua política de reembolso.

6. Cross-selling e up-selling

Implementar as funcionalidades de cross-selling e o up-selling na sua loja online é uma excelente opção para aumentar as vendas, fidelizar os clientes antigos e reter os recém-chegados ao seu negócio.

Como agregam valor, ambas estão entre as funcionalidades básicas mais utilizadas num e-commerce e servem, especialmente, para aumentar o valor total da compra numa única visita à loja.

O cross-selling ou venda cruzada é uma estratégia de vendas que tem como objetivo estimular o consumidor à aquisição de produtos complementares ao da compra. Ou seja, depois de o cliente adicionar um artigo ao carrinho de compras, é-lhe sugerido outro produto, geralmente, de uma categoria distinta. Já o up-selling é uma tática, na qual o cliente é incentivado a comprar uma versão mais completa ou avançada do produto.

7. Breadcrumbs

Os breadcrumbs são como um caminho de palavras-chave que acompanham a navegação feita pelo utilizador no seu e-commerce. São uma forma mais ágil e eficiente de consulta, para o consumidor, que facilmente consegue encontrar o caminho de volta, caso chegue a uma página que não lhe interesse.

Por exemplo, o cliente entra no seu site, que vende roupa, visita a categoria de roupa de criança e, posteriormente, específica que quer um casaco para menina de uma determinada marca. O percurso ficaria o seguinte: Início > roupa para criança > roupa de menina > casacos > marca.

Caso não encontre o que procura na marca especificada, o cliente facilmente consegue voltar à subcategoria de casacos para escolher outra marca.

Existem três tipos de breadcrumbs:

  • Breadcrumbs baseados em atributos - criam um caminho para a página inicial do site através dos atributos dos itens presentes na loja.

  • Breadcrumbs baseados no histórico ou caminho percorrido - exibem o caminho que o utilizador percorreu até chegar à página atual, independentemente das páginas visitadas. É ótimo para ajudar os visitantes a redescobrirem os produtos que lhe suscitaram interesse.

  • Breadcrumbs baseados em hierarquia - mostram ao utilizador onde ele está em termos de hierarquia do site, ou seja, não tem em consideração o caminho feito, nem os atributos dos artigos, mas antes expõe a hierarquia das páginas.

Além de serem excelentes ferramentas de SEO, os breadcrumbs são facilitadores da compra, o que os torna numa funcionalidade essencial para qualquer loja online de sucesso. 

8. Meios de pagamento

É muito provável que os consumidores abandonem o carrinho de compras se o método de pagamento preferencial não estiver disponível. Por isso, quanto mais métodos de pagamento tiver na loja online, melhor

A emergência de novos meios de pagamento, como o MB WAY, vieram solucionar algumas objeções à compra, como é o caso da falta de confiança em inserir dados bancários numa página da internet que desconhecem, contribuindo significativamente para o crescimento das compras online

9. Checkout simples e transparente

O tecnicismo do processo de checkout desempenha um papel significativo nas vendas de uma loja online. Ter um checkout de um único passo (one step checkout) ajuda a reduzir os carrinhos abandonados, pela simplicidade em terminar a compra. Ou seja, a seleção do método de envio, forma de pagamento, inserção de morada ou de notas adicionais acontece numa única tela, evitando que o utilizador seja vencido pelo cansaço.

O checkout deve, ainda, ser transparente. Isto é, o cliente não é redirecionado para outro site, no momento de fechar a compra.

10. Menu de pesquisa interna

O menu de pesquisa interna é um facilitador de vendas, pois permite que os clientes ignorem os menus e pesquisem exatamente o que desejam. Esta funcionalidade simplifica a compra, o que contribui para o aumento da taxa de conversão.

Todavia, a verdadeira vantagem são os insights que consegue extrair desta caixa de pesquisa. As procuras internas revelam o comportamento do consumidor e aquilo que mais procura. Com esses dados, consegue dar resposta à demanda dos clientes e otimizar as suas estratégias de marketing

11. Área de cliente

Ter uma área de cliente permite fornecer uma experiência de compra aprimorada.

  • O cliente pode ver o seu histórico de compras e, com um clique apenas, repetir. Esta facilidade de aquisição de produtos é ótima para clientes e vendas recorrentes. Sem pensar muito, o utilizador efetua a transação.

  • É possível atribuir cupões de desconto, com base no histórico de compras. É ótimo para reativar clientes ou para antecipar o seu retorno à loja online. 

  • O consumidor não tem que voltar a preencher os dados de envio ou de faturação, uma vez que já lá estão registados.

  • Consegue acompanhar o estado da encomenda e o código de rastreamento, de forma a acompanhar o percurso da sua encomenda. 

No entanto, o registo na área de cliente deve ser opcional, já que é uma das possíveis objeções à compra. É por isso que se vê, cada vez mais, nos e-commerces, a opção de compra como convidado. Assim, a venda concretiza-se na mesma, sem abandono por complexidade em finalizar a transação.

Neste caso, a dica é demonstrar as vantagens que o cliente terá em registar-se e esperar que, futuramente, o faça.

12. Chatbot

Os chatbots fornecem suporte instantâneo, eliminando os frustrantes tempos de espera do apoio ao cliente.

Sem horas para encerrar, são um excelente assistente de vendas, disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, que responde de forma célere a dúvidas dos consumidores, fornece informações relevantes, que agilizam a jornada do cliente e impulsionam a finalização da compra.

Tudo isto ajuda a melhorar significativamente a retenção de clientes e pode, até, contribuir para a sua fidelização.

13. Avaliação dos produtos

As recomendações e avaliações têm uma grande influência sobre a compra. Os consumidores precisam sentir-se seguros relativamente a um produto, antes de o comprar.

Por isso, ter um espaço dedicado às reviews de compradores anteriores, é uma forma de ajudar o potencial cliente a obter a segurança de que precisa para avançar com a compra.

A opinião de alguém que já adquiriu o seu produto ou serviço confere uma visão imparcial sobre este, assegura que as informações sobre o artigo estão corretas e contribui para a credibilidade da empresa.


Já tem estas 13 funcionalidades associadas à sua loja ou vai agora aplicar?


Magda Santos

Profissional de Marketing Digital com foco em SEO, apaixonada por viagens, escrita, livros e fotografia. Navega pelo universo digital, enquanto explora diferentes lugares do mundo. O melhor capítulo da sua jornada de vida é o que se vai desenrolando ao lado da filha.

blog comments powered by Disqus



Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!