Vender através do Pinterest: 10 estratégias para alavancar o seu negócio


O Pinterest é uma rede social de partilha de conteúdos visuais, que funciona como um grande painel de ideias e inspiração. Como as pessoas utilizam esta plataforma para encontrar temas do seu interesse, o Pinterest pode ser um excelente canal para impulsionar as vendas. Saiba como usá-lo na sua estratégia de marketing.

O que é o Pinterest?

Com certeza que se recorda de utilizar quadros de cortiça (ou magnéticos) para afixar fotos, recortes de jornais e de revistas, desenhos, recados, entre outros elementos. Com a digitalização dos processos, entretanto, este quadro tornou-se acessível a todo o mundo e dá-se pelo nome de Pinterest.

O Pinterest é uma rede social de pesquisa, que utiliza Pins para entregar, aos utilizadores, de forma apelativa, os conteúdos que procuram. Os Pins podem ser imagens, vídeos ou produtos, organizados por álbuns com inspirações sobre os mais variados temas.

Esta plataforma social conta já com mais de 400 milhões de utilizadores ativos mensais em todo o mundo e com 2.03 milhões de utilizadores em Portugal, ou seja, 20% da população portuguesa. Considerando que o Pinterest é muito utilizado por pessoas que procuram referências e inspirações, inclusive, de produtos, não estar presente no Pinterest, é perder um poderoso canal para impulsionar as suas vendas.

Como funciona o Pinterest?

No Pinterest, é possível organizar várias pastas, públicas ou privadas, com referências sobre diferentes assuntos, cujos conteúdos visuais guardados, são chamados de Pins. Os Pins podem ser imagens carregadas diretamente do seu dispositivo ou adicionadas de outros sites.

Existem vários formatos de Pin:

  • Normal: imagens chamativas para destacar produtos ou ideias;

  • Vídeo: com a duração ideal de 15 segundos a 1 minuto, para conteúdos orgânicos, e 6 a 15 segundos para anúncios, mas que pode ir até 15 minutos;

  • Produto: Pins com preços, disponibilidade e ligação para a página de produto da sua loja online, que está disponível para um número muito limitado de mercados (excluindo Portugal);

  • Coleções: apresenta várias imagens de produtos num único Pin. É o, anteriormente chamado, “Shop the Look”, em que consegue ver, isoladamente, os produtos de uma imagem composta;

  • Ideia: é como uma tela onde pode contar uma história original ou partilhar uma ideia, com várias páginas. Pode ter vídeos e fotografias misturados. 

No feed da página principal é possível encontrar sugestões de Pins, pessoas e empresas, inspiradas na sua atividade mais recente nesta plataforma, bem como os conteúdos guardados ou partilhados pelas pessoas que segue. De forma a descobrir a inspiração que tanto anseia, também pode utilizar a barra de pesquisa para fazer pesquisa de Pins através de palavras-chave.

Depois de abrir uma imagem que tenha gostado, no canto inferior direito, encontrará um botão com um ícone de “lupa”. Ao clicar no mesmo, obterá mais resultados semelhantes à imagem inicial ou de acordo com o recorte que fizer na mesma. 

Ao contrário de outras redes sociais, como o Facebook e o Instagram, o Pinterest não disponibiliza a opção de “gostar” nas publicações e, por isso, não diminui o alcance de conteúdos de páginas externas. Aliás, a proposta do Pinterest é mesmo a partilha de referências de outras plataformas, o que o torna num grande aliado para gerar visitas para qualquer site.

Além disso, o algoritmo do Pinterest não tem em consideração dia, horário ou frequência de publicação, para determinar o alcance de um conteúdo, mas sim os temas com mais interesse para os utilizadores. Quer isso dizer que um Pin pode gerar resultados ao longo de vários meses.

Outras das vantagens que o Pinterest tem, comparativamente a outras redes sociais, são: 

  • Como as imagens são o aspeto principal e quase não há texto, é mais fácil manter o foco do utilizador;

  • O Pinterest não exige publicações frequentes para manter o perfil relevante e, consequentemente, aparecer no feed. O conteúdo também não é cronológico, ou seja, as imagens mais antigas têm tanta visibilidade quanto as mais recentes;

  • O Pinterest é uma excelente ferramenta para gerar tráfego orgânico para páginas de negócios;

  • Ao contrário de outros canais, um Pin pode manter-se relevante e gerar tráfego ao longo de vários meses. O número de pessoas alcançadas vai aumentando, conforme o número de utilizadores que guarda o seu conteúdo;

  • Essa longevidade do Pin leva a que seja menos trabalhoso e mais proveitoso criar conteúdo para o Pinterest.

10 estratégias para vender através do Pinterest

Ficou agradado com as funcionalidades e potencial do Pinterest, mas não sabe como começar? Reunimos as 10 principais práticas que necessita aplicar, na sua estratégia de marketing, para alavancar o seu negócio com esta plataforma social. Ou seja, descubra como usar o Pinterest para vender:

1. Crie e configure uma conta empresarial no Pinterest

Aceda ao Pinterest e clique em “Inscreve-te”. Insira os dados pedidos e determine quais os seus interesses. Isso afetará o tipo de conteúdos que lhe aparece no feed.

Na seta ao lado da sua foto de perfil, selecione “Converter para conta de empresa”. Se já tiver uma conta no Pinterest, basta transformá-la num perfil comercial, seguindo este último passo.

Não é estritamente necessário ter conta business, para usar o Pinterest para vendas, no entanto, com esta mudança, poderá aproveitar todos os recursos da plataforma e obter informações mais precisas sobre o desempenho das suas publicações.

2. Vincule o seu website ao Pinterest

Reivindique o seu site, de modo a garantir que a marca aparece em todos os Pins que forem criados a partir dos seus sites. Isso permite que, caso o utilizador se interesse pelo que vê, poderá, facilmente, encontrar mais informações sobre o produto e sobre a marca.

3. Crie álbuns inspiradores

Dado que as pessoas utilizam o Pinterest para procurar conteúdos inspiradores e relacionados com determinada temática, é fundamental que crie pastas atrativas e apelativas. Para isso, organize os Pins em álbuns com nomes sugestivos e descritivos, como “Penteados de cerimónia fáceis de fazer”. Pode, também, usar datas comemorativas para destacar os seus artigos, como “Sugestões de prendas para o dia da Mãe”.

Todavia, não se limite a vender. Seja mais perspicaz na sua tática de marketing e use os seus produtos para criar conteúdos envolventes. Se tiver uma loja de roupa, pode criar álbuns de looks, por exemplo.

A ideia é divulgar, subtilmente, os seus artigos. De que forma? Chamando a atenção com esses painéis de sugestões, dicas e ideias relevantes, que além de estarem relacionadas com a sua área de negócio, acrescentam, também, algo ao consumidor.

4. Potencie os seus Pins

Utilize imagens de alta qualidade e coloque o seu logótipo em todos os Pins que criar, num formato simples e delicado. Evite o canto inferior direito, uma vez que este fica tapado com ícones do próprio Pinterest.

No caso dos Pins de vídeo, garanta que os primeiros segundos prendem a atenção do espectador e que o restante conteúdo comunica a mensagem principal, de forma clara e concisa. Utilize legendas e títulos e deixe as imagens falarem por si. A maior parte das pessoas vê os vídeos sem som, por isso, o áudio é dispensável. 

5. Otimize as descrições

Apesar de as imagens serem o cerne do Pinterest, é importante trabalhar, também, os títulos e descrições dos conteúdos, utilizando palavras-chave relacionadas com o negócio.

O título pode ter até 100 caracteres e a descrição deve apresentar, no máximo, 500 caracteres. Tendo em conta que as primeiras 50 a 60 letras são aquelas que aparecerão no feed, então, os detalhes mais importantes deverão estar no início do texto. Aplique, na descrição, gatilhos mentais que levem à interação do utilizador com o conteúdo.

6. Use os links

Aproveite todos os espaços disponíveis para colocar links a direcionar para sua loja online ou para uma página de serviços, onde os utilizadores poderão obter mais informações sobre um determinado assunto.

Utilizar os links é uma forma de criar uma jornada de consumo, onde guia o lead para outros níveis de informação, conduzindo-o até ao estágio final, em que se torna cliente.

7. Adicione o botão “Guardar” ao seu website

O botão “Guardar” é uma ótima ferramenta para aumentar a visibilidade do seu negócio, gerando uma nova fonte de tráfego e conversão. Ao permitir que os clientes guardem imagens do seu site, no Pinterest, de forma simples, potencia a entrega dos seus conteúdos a novos utilizadores, que poderão tornar-se clientes.

8. Crie Pins detalhados

Apenas disponíveis para contas comerciais, os Pins detalhados são um tipo de Pin orgânico e gratuito, que sincroniza automaticamente a informação do seu Website, atualizando-se conforme surjam alterações na página de origem.

Existem 3 tipos de pins detalhados:

  • Pins de produto: permite exibir a imagem de um produto, o preço, disponibilidade e link para a página de compra ou compra direta. Disponível apenas para alguns mercados.Os pins de produto também podem ser carregados através de catálogos, recorrendo a uma fonte de dados ou um ficheiro que contenha uma lista dos produtos e respetivos atributos;

  • Pins de receitas: incluem título, medidas e ingredientes;

  • Pins de artigos: adiciona o título, descrição e autor do artigo.

Os Pins detalhados são um recurso excecional, em qualquer estratégia de marketing, já que facilitam a atualização dos seus álbuns, através de meta tags detalhadas. Todos os conteúdos provenientes de páginas web, que tenham as meta tags corretas, são automaticamente carregados. 

9. Invista em anúncios

Os anúncios ajudam a alcançar o público mais importante, com base nos seus interesses. Tendo em consideração que o Pinterest é a segunda rede social que mais tráfego atrai, em Portugal, investir em anúncios, nesta plataforma, é uma excelente forma de aumentar a notoriedade da marca, obter mais tráfego para o seu website, e impulsionar as vendas quer online, quer offline. Tudo isso, com um alto desempenho, já que alcança a sua audiência no exato momento em que esta pesquisa referências para resolver um problema. Afinal, em marketing e na vida, uma imagem vale mais que mil palavras.

10. Analise o desempenho dos seus Pins

Utilize as ferramentas disponíveis para melhorar a criatividade. Através das métricas de desempenho dos seus Pins (disponível apenas para quem tem conta de empresa), consegue verificar quem interagiu com um Pin específico. Cada Pin individual permite avaliar as impressões (número de vezes que apareceu), quantas vezes foi clicado e guardado

Apesar de o intuito de usar o Pinterest ser a angariação de leads e posterior conversão em clientes, não deve transformar a sua conta numa vitrine, apenas. Interaja com os seus seguidores e com outras contas, partilhe conteúdos de marcas que possam agregar valor à sua e guarde Pins de outros utilizadores desta plataforma.


Da mesma forma que as pessoas utilizam o Pinterest quando querem alcançar as respostas certas, mesmo que não tenham uma ideia específica em mente, quando necessitam ter a faturação organizada e atualizada, de forma simplificada, as pessoas podem recorrer ao InvoiceXpress.

O InvoiceXpress confere-lhe uma experiência de utilização simples e intuitiva, acessível em diferentes dispositivos, desde o smartphone ao computador ou tablet, para uma gestão financeira mais autónoma. Experimente já durante 30 dias grátis!


Magda Santos

Entusiasta do Marketing Digital e apaixonada pela escrita, por livros e viagens. A Magda espera um dia dar a volta ao mundo com a sua filha.

blog comments powered by Disqus




Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!