5 vantagens de utilizar um chatbot na estratégia de marketing do seu negócio e como o fazer


Uma das tecnologias características da indústria 4.0 é a inteligência artificial. Os chatbots são um exemplo da sua aplicação e uma ferramenta de marketing com muitas vantagens para aos negócios.

O que é um chatbot?

Um chatbot é uma ferramenta que simula uma conversa com pessoas na internet graças ao uso de inteligência artificial, uma das tecnologias características da indústria 4.0

Esta é uma poderosa ferramenta de marketing que pode ser usada em aplicações de mensagens como o WhatsApp, Facebook, Instagram ou até mesmo na sua loja online. Os chatbots funcionam de forma muito semelhante ao live chat, mas tem as respostas completamente automatizadas, que apenas precisam de ser programadas antecipadamente.

Nas redes sociais, por exemplo é possível integrar o chatbot de forma a que, quando alguém envia uma mensagem com um texto específico (ex: Quero saber mais, Quero agora, Mais informações, etc.) é desencadeado um diálogo cujo objetivo é o de ajudar essa pessoa a comprar um determinado produto ou serviço. 

Já no seu site, o chatbot pode servir como um guia turístico, ajudando potenciais clientes a encontrarem a informação que procuram de forma simples. Chatbots mais avançados conseguem até simular uma conversa natural, processando a linguagem humana e construindo uma resposta coerente de acordo com a informação que têm disponível na sua base de dados.

5 vantagens de usar um chatbot

1. Reduz custos operacionais

Oferecer um apoio ao cliente 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano, implica um grande investimento em colaboradores, material de trabalho, software, e muito mais. A menos que use um chatbot para reduzir estes custos operacionais.

Dependendo da qualidade do chatbot que decidir implementar, ainda assim é importante que tenha um colaborador responsável por monitorizar a qualidade do atendimento feito pelo chatbot. Também é importante que esteja disponível para lidar com pedidos mais específicos que não estavam previstos aquando da implementação do chatbot.

No entanto, esta ferramenta será capaz de reduzir significativamente o tempo de espera dos seus consumidores, dando as respostas que estes procuram em tempo real e conseguindo lidar de forma rápida e simples com perguntas frequentes. Assim, os seus colaboradores ficarão mais livres para tratar de tarefas que só eles conseguem fazer.

2. Melhora a sua geração de leads

Um bom chatbot deve ser capaz de contribuir para a sua geração de leads, recolhendo as informações de contacto (como o nome e o email) de quem o usa para que possa entrar nas suas sequências de emails.

Assim, irá conseguir gerar mais leads o que, consequentemente, poderá levar a um maior número de vendas.

3. Recolhe informação sobre os seus consumidores

Para além das informações de contacto, convertendo visitantes da sua loja online em leads, o chatbot pode recolher muito mais informação. Desde perguntas frequentes sobre o seu produto a problemas que estejam a enfrentar no processo de tomada de decisão, todas estas informações são críticas.

Esta informação pode, depois, ser utilizada para criar conteúdo para o seu blog e redes sociais, utilizando a mesma linguagem que o seu público-alvo utiliza para que se identifiquem mais facilmente com a sua marca e as soluções que oferece.

Esta informação também o ajudará a criar um perfil de consumidor mais específico, permitindo-lhe criar produtos e serviços complementares, ou melhorar os seus produtos e serviços atuais, de acordo com as necessidades reais que os seus consumidores expressam.

4. Oferece uma experiência personalizada

Alguns chatbots são capazes de identificar em que produto ou serviço é que as pessoas que interagem com ele estão interessadas e até em que fase do funil de vendas se encontram.

Isto permite-lhes adicionar cada lead à sequência de emails correspondente (caso tenha várias) para que esta receba informação que lhe seja relevante o que, consequentemente, poderá ajudar a aumentar a sua taxa de conversão.

5. Ajuda a manter o seu negócio relevante

É importante que acompanhe as tendências do mundo digital para que o seu negócio continue a ser relevante. Isto porque, hoje em dia, uma grande parte dos consumidores não só usam plataformas de mensagens como o WhatsApp, Facebook ou Instagram, como até já esperam que o atendimento ao cliente das empresas esteja disponível através destes meios.

Assim, ao aderir a estas inovações, tornará o seu negócio acessível a mais utilizadores. Ao permitir que os utilizadores obtenham informação sobre os seus produtos e serviços e até façam as suas compras através do chatbot, irá estar a aumentar as suas vendas.

Como começar a usar um chatbot no seu negócio?

A implementação de um chatbot no seu negócio não é difícil, mas requer algum planeamento. Para isso, siga estes passos:

  1. Definição do objetivo: comece por perceber qual é o objetivo final do seu chatbot. Para isso, é importante definir em que plataforma é que o quer incorporar (site, Whatsapp, Facebook, Instagram, etc.), o seu objetivo (apoio ao cliente, geração de leads, venda de produtos, reserva de serviços, etc.) e que funções deve ter;

  2. Escolha da plataforma: existem várias plataformas diferentes onde pode criar o seu chatbot e muitas têm até planos gratuitos para que possa testar esta funcionalidade sem compromissos. No momento da escolha, lembre-se sempre de ver quais são os recursos de automação e integração que cada uma oferece. Algumas das plataformas de chatbot mais comuns são o Drift, Chatfuel e Manychat.

  3. Criação da conversa: depois de completar o primeiro passo será mais fácil perceber como deverá ser a interação entre o chatbot e o seu público-alvo. Isto vai ajudá-lo a planear melhor quais serão as perguntas e respostas que farão parte dessa mesma conversa. Aqui é importante que se ponha no lugar do consumidor e imagine todos os possíveis cenários que ele irá percorrer durante a conversa com o chatbot;

  4. Configuração e testagem: agora está na hora de fazer todas as configurações necessárias e integração para que o chatbot esteja pronto para funcionar. Depois de todas as configurações, é imprescindível que o teste em tempo real, para garantir que tudo funciona como é suposto, eliminando o risco de erros;

  5. Lançamento e otimização: depois de todos os testes feitos e erros corrigidos, está na altura de lançar o chatbot para que o público em geral lhe comece a dar uso. Mas o trabalho não fica por aqui, é importante monitorizar o desempenho do chatbot à medida que os seus consumidores forem interagindo com ele e otimizar de acordo com o feedback que for recebendo.


Os chatbots são uma via aberta de comunicação com o seu consumidor e um veículo valioso para obter informação indispensável para a constante melhoria dos seus produtos e serviços para que, assim, correspondam sempre às expectativas do seu público-alvo e evoluam com ele.

Eles são também uma excelente maneira de otimizar o tempo dos seus colaboradores e dos seus consumidores, solucionando questões rotineiras de forma automática.


Beatriz Abreu Peixoto

A Beatriz ajuda empresas e pequenos negócios através da criação de conteúdo escrito informativo e otimizado para os motores de busca. Quando não está a escrever, adora passar tempo com a sua filha de quatro patas, a Phoebe.

blog comments powered by Disqus



Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!